segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Tatuagens

"Atire a primeira pedra aquele que nunca pecou!", por que comecei assim? Bem, porque eu mesmo cometi meu pecado com minha paixão, o teatro. E estes pecados são minhas tatuagens. Não que a primeira possa ser considerada um pecado, já que foi feita bem antes de eu vir a fazer teatro.
Minha primeira tatuagem foi aos dezoito anos de idade, e foi feita com meu primeiro salário. Eu fiz ela com Tayrone, quando este trabalhava no mesmo estúdio que Ozéias. Meu Pégaso representa o que eu queria que representasse: liberdade! sim, pra mim tatuagem tem de ter um significado, pois todas as minhas têm.
A segunda já foi feita em um período negro na minha vida. Não conseguia trabalho com o teatro e começara a desistir de seguir em frente com este tipo de trabalho, me contentando com trabalhos em escritório, como digitador. Num meio de representar minha paixão, fiz o símbolo do teatro, as máscaras, só que com características diferentes (Obrigado Fabio Yabu!).
Sempre digo pra todo mundo, "quando você faz uma, sempre vai querer mais!", mas são poucas as pessoas que entendem. Mesmo tendo decidido continuar tentando "fazer teatro", fiz mais duas tatuagens.
A terceira foi uma busca por proteção, devido a tudo que estava me acontecendo de errado, então fiz o Udjat, ou Olho de Hórus. Foi minha primeira tatuagem com a tatuadora Vanessa B!. Perfeita! Mão leve, traço bom, a tatuagem ficou ótima. Tanto que, dois anos depois voltei a ela para fazer mais um símbolo para mim.
Encontrei-a na internet, e simbolizava tudo que representa minhas crenças, pois são três símbolos pagãos unidos em um só. A Ankh, o Pentagrama e as serpentes do Caduceu de Hermes, deus dos viajantes e mensageiro dos deuses gregos. eu a chamo de Trindade Pagã, uma apologia a Trindade Cristã.
O símbolo representa minha crença em tudo que é chamado de pagão ou herético, e para mim representa minha fé (se assim posso chamar).
Ainda tenho o objetivo de fazer mais três tatuagens, fechando um simbologia de sete, como número arcano da sorte, mas isso será mais para frente, por enquanto as pessoas do teatro já me condenam o suficiente por ter essas quatro.

2 comentários:

makarrao disse...

ae! bem-vindo ao mundo obscuro da internet! auihaiuah
curti o blog. massa as tatuagens cara.

o layout tb! :D

abraços

André Luz disse...

Valeu makarrao! Desculpa não ter respondido antes!, tô aprendendo como mexer com este lance de blog ainda!